Quanto vale causar uma primeira impressão de impacto?



Responde aqui para mim, mas preciso que seja sincera consigo mesma, ok? Quanto você acha que é necessário dispor para ter uma imagem pessoal e profissional estratégica, para que você se sinta verdadeiramente bem-sucedida e realizada?


Mil, cinco mil, dez mil reais... A verdade é que essa resposta é muito particular e varia de acordo com o valor que você dá para sua autoimagem, ou seja, para a forma em que se vê.


Eu bem sei que se vestir bem "não paga boletos", mas posso lhe assegurar que quando nos vestimos de acordo com a ocasião, seja no âmbito pessoal ou profissional, uma barreira se desfaz e você ganha o respeito, a credibilidade e faz conexões que podem te render vendas. Sim, vendas. Todos precisamos vender algo de alguma forma. Se você é uma profissional liberal, assim como eu, estar e se sentir bonita pode lhe fazer vender mais. Se você for CLT, uma imagem adequada alinhada ao seus skills, pode fazer com que você consiga aquela promoção desejada.


Por isso, não se engane, todas nós vendemos algo!


Agora, falando especialmente sobre o primeiro contato visual com o interlocutor, basta alguns segundos para que a famosa primeira impressão seja formada, e ela pode ser positiva ou negativa. Desfazer essa primeira impressão não é fácil, requer tempo - que muitas vezes não dispomos - e pode ser custoso.


Os anos que tenho de profissão me fizeram ter mais conhecimento sobre nossas personalidades e estilos. Muitas vezes encontro mulheres sedentas por mudanças, mas resistentes. São tantos anos com padrões priorizando outras áreas da vida que elas esquecem de investir em quem verdadeiramente importa: elas próprias. Tudo é mais importante a casa, os filhos, o relacionamento, a carreira, absolutamente tudo é mais importante que elas.


O pensamento é: "que absurdo dar R$ 400,00 nessa calça. se eu posso pagar R$ 100,00 em uma similar".

E ai, mais a frente você encontra uma roupa linda para seu filho (a): "nossa esse custa R$ 250,00. Está caro, mas meu filho merece né? Que mãe que sou eu se deixá-lo andar todo largado".


Fala a verdade: é ou não é esse o discurso?


Minha querida, deixa eu te contar uma coisa: PRIORIZE-SE. Ninguém vai fazer por você o que SÓ VOCÊ PODE!


Caro e barato é relativo. Sabe o que é caro? É você perder oportunidades de conexões, relacionamentos, networking por causa da sua imagem. Você é a pessoa mais importante para i no mundo porque se você não ver valor em você, ninguém irá enxergar. Entende?


Meu professor de imagem masculina, Alexandre Taleb costuma dizer que: "vestir-se bem pode até custar caro, mas vestir-se mal custa mais caro do que se imagina: você perde respeito, perde valor, perde oportunidades, perde conexões e, mesmo sem querer, perde trabalhos."

Quer você queira, quer não a sua imagem pessoal e profissional importa. Se você deseja aumentar a percepção de valor que os outros tem sobre você é imprescindível que você cuide da sua imagem.


Não é besteira, muito menos futilidade, é ter amor próprio. É cuidar da pessoa mais importante de todas: você mesma.


Bastam alguns segundos para formamos uma primeira impressão. E quando esta impressão é positiva abrimos portas para as oportunidades. Esteja preparada quando a oportunidade bater ã sua porta, e faça isso com estratégia.


Por todo o exposto, priorize-se. Ocupe o lugar que tanto almeja. Comece se vestindo para a vida que deseja ter, não para a vida que você tem hoje. 😉


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo